quarta-feira, 31 de maio de 2017

Sem planejar



Sem esperar surgiste
Quando nada mais do amor aguardava
Meu mundo de sonho vazio estava
Submerso em sua habitual escuridão 
Triste e solitária

Como um raio de sol
Entraste em minha vida
Antes consumida pelo breu da insatisfação
Infeliz no percorrer de sua trajetória
Tão vazia e frustrante

E num  inesperado instante...
Com beleza descomunal e inebriante
Vi a luz de teu brilho viciante
Sensual e apaixonante

Sem planejar te olhei
Por ti me encantei
E quando dei por mim
Mergulhada estava no lago azul
De teus olhos tristes

Sem querer te amei
Sem esperar te quis
Sem planejar sou tua

E em mais um sonho me entrego 
Minhas fantasias em noites de lua ...


Elodia




sexta-feira, 29 de julho de 2016

Desconhecido Amor...


Queria falar sobre o Amor
Mas na verdade não sei dizê-lo
Para isso precisaria senti-lo
E por isso não posso descrever
O que ainda não vivi

Já chorei ...já sorri
Levantei...e caí
Já quis matar...já quis morrer
A paixão sim conheci
E também seu sofrer

Mas o Amor...Ah!
Esse ainda não vi
Só conheço por assim dizer
Através de outros que ousaram sentir
Como Ele ainda não chegou até mim
Sou como cega que ainda não viu a luz
Hipócrita seria minha poesia
Se tentasse O descrever...

Elodia Princess


Consciência



É mais louvável o trabalho que edifica
Apesar de todo o cansaço e contratempo
Mas que traga a satisfação em ser útil
A ter que viver em falsa zona de conforto
Numa fugaz estabilidade
De uma aparente segurança
E ser infeliz.

Elodia Princess




Alma Estranha





Sou uma Alma estranha

Não confio em ninguém
A ninguém conto minhas dores
Pois sei que há quem se regozije
Com a dor alheia
Almas cujos infelizes corações
Tem amor e ódio atrelados

Então aqui vivo em solitude
Confesso gostar de minha solidão
Meus fantasmas, a música, a poesia
Minhas melhores companhias são

Em meu viver nada é sólido
Tudo em mim é insólito
Sou apenas mais uma coadjuvante
Passando por esse mundo transitório.


Elodia Princess


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Se perder por opção



Andar sempre na linha
Por vezes me deixa entediada
Bom mesmo é permitir
Me perder de vez em quando...

**Elodia Princess** 

 

terça-feira, 24 de maio de 2016

Sombras


Sombras espessas me rodeiam
Não sei se estou a sonhar
Não sei se leio seus pensamentos
Ou são elas que pensam em meu lugar

Sombras brincam em meu leito
Percebo que não querem me assustar
Na noite escura e fria me esperam
Comigo elas só querem brincar

E fora de meus grilhões eu as vejo
Num mundo surreal de gracejos
Minhas caras sombras ao meu lado
Entes queridos de meu passado
Que o alvorecer não me permite lembrar

**Elodia Princess** 

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Evite

 

Evite contar seus problemas
Evite se lamentar na frente outros
Não fale de suas tristezas a qualquer um
Acredite...há quem se divirta com a dor alheia.
 
(Elodia Princess)

segunda-feira, 16 de março de 2015

**Tenho pena**



**Tenho pena dessas pessoas
Que de tão habituadas a viver
Em meio a tanta hostilidade
São incapazes de reconhecer
Um simples gesto de gentileza

Tenho pena dessas pessoas
Que por nada se irritam
E se ferem e se matam
E em tudo vê maldade.**




sexta-feira, 26 de setembro de 2014




Sim...
Me considero uma pessoa esperta
Mas essa esperteza não veio à toa
Ela foi fruto de muitas quedas

Elodia 


 

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Madrugada Triste





"Madrugada triste
De mais uma noite sem dormir
Pensamentos conturbados
Buscando uma razão de existir

Confesso que em meio a incertezas
Já tive vontade de desistir
Olho pro céu já sem estrelas
Anunciando o novo dia a vir
Mas uma voz em meu peito clama
Dando me forças para prosseguir... "


Elodia Princess


domingo, 22 de junho de 2014






**Mesmo nada fazendo mais sentido
A sensação  fica enraizada
Mesmo que tenha passado o tempo
E finalmente ter caído no esquecimento
Fica algo manchado lá dentro
Como as dores que se vão mas lembradas
Por seus poemas que ficam**

Elodia Princess



sexta-feira, 5 de julho de 2013

**Perdida em mim**




"As vezes me busco por um momento
Pra ver se tenho algum sentimento
Pois tem horas que meu vazio é tão grande
Que acho que não tem nada aqui dentro..."
*Elodia*

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Máscaras




Aprendi a sorrir forçadamente
Para esconder as dores
As fraquezas inevitáveis
Minhas lágrimas...
Aprendi a sorrir forçadamente
Não por falsidade
Mas na realidade
Pra me proteger.


*Elodia*

sábado, 20 de abril de 2013

Eu preciso...



"Gostaria muito de saber a razão deste sentimento,
Porque não te ignorei quando podia?
Como pude deixar que me prendesse dessa forma?
Como conseguiste arrancar meu "Eu te amo",
Até então nunca dito antes a ningúem?
Estais tão longe... inalc
ançável pra mim,
Oque teria eu pra te oferecer,
Que uma outra já não o faça?
Que te diria eu?
Por isso vou fechar meu coração outra vez,
Vou te arrancar dele,
Vou te esquecer,
Eu preciso..."


*Elodia*


quinta-feira, 11 de abril de 2013

Resistência





Tenho medo de ficar só
Não queria assim terminar
Numa fase onde tudo
É tão facilmente esquecido
E sua importância só dura
Até surgir alguém que brilhe mais que você
Num mundo sobrevivendo de aparências
Onde a essência parece não suportar
Não queria terminar só
De mãos dadas fica mais fácil
Resistir a esses dias cruéis.

*Elodia*